A incrível expedição aos petróglifos de Tominho

Petróglifo
Petróglifo

As duas responsáveis pela imagem do Filminho, Mariana Velhote e Sofia Pinto, decidiram conhecer mais profundamente as realidades que representam na imagem do Filminho 2009 que estão a preparar. Lançaram-se, por isso, na semana passada, numa excursão ao Monte Téton para verem com os seus próprios olhos os petróglifos que lá existem. São dezenas de desenhos gravados na rocha com milhares de anos que irão agora influenciar a imagem do Filminho. Se Cerveira é famosa pela figura do Cervo, Tominho faz-se valer pelos seus petróglifos, entre os quais se encontra a jóia da coroa: uma espiral que é a maior da europa.

Pesquisando
Pesquisando

Mariana e Sofia iniciaram a sua excursão com determinação embora os cinquenta metros que é necessário subir a pé se tivessem mostrado ingratos para as duas raparigas mais habituadas a terrenos urbanos.

Perante a pedra, viveram o momento mágico do encontro com representações intemporais e perguntaram-se sobre quem seria aquela gente que ali teria vivido e o que pretendiam ele dizer-nos com aqueles desenhos. A paisagem abria-se para o rio e as nuvens corriam na instabilidade atmosférica da última semana.

Exibindo os Achados
Exibindo os Achados

Depois desse momento de empatia com os antepassados, não demoraram muito tempo a encontrar interesse também noutras pedras que aos olhos comuns pareciam inocentes, mas que não foram ignoradas pelos olhos atentos da Imagem do Filminho. As duas pesquisadoras logo ali reuniram uma pequena colecção que juntaram sobre um tronco cortado. Talvez fosse do ar intemporal, mas não teriam os antepassados realizado ali os mesmos hábitos e se interessado pelas mesmas pedras e pedrinhas?

Colecção de pedras
Colecção de pedras

Não restam dúvidas: se não nos tivéssemos retirado, Mariana e Sofia teriam com certeza começado a gravar as suas próprias figuras na pedra. Veremos, nos próximos episódios, como tudo isso se irá revelar na Imagem do Filminho.

Anúncios
Explore posts in the same categories: Filminho

One Comment em “A incrível expedição aos petróglifos de Tominho”


  1. […] Datando de 3 a 4 mil anos a.C., os petrófligos de Tominho são a marca mais antiga da presença humana na região, num tempo em que as únicas fronteiras estabelecidas eram as fronteiras naturais. Encontram-se em Tebra, no Monte Téton, e foram alvo de pesquisa da nossa equipa de imagem, como se vê nesta reportagem: A Incrível Expedição aos Petróglifos de Tominho. […]


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s


%d bloggers like this: